Bem-Estar

leitura 1 min

Herpes labial...e agora?

08 abril 2022




Stress, excessos alimentares e frio ou muito sol à mistura, são um dos cocktails ideias para o surgimento de mais um episódio de herpes labial. Saiba como prevenir!

 

Stress, excessos alimentares e frio ou muito sol à mistura, são um dos cocktails ideias para o surgimento de mais um episódio de herpes labial.

Muitos dos nossos clientes contactam-nos sobre as melhores opções para o seu tratamento e prevenção de contágio.
Hoje faremos um resumo das nossas sugestões, que não passam pelo tratamento do herpes porque, esse não é possível, mas sim, pelo controlo do episódio que pretendemos que seja curto e, deixe poucas sequelas.

 

Uma referência nos pensos anti-herpes, é a Compeed!


Compeed Penso Herpes contém uma tecnologia hidrocoloide gel ativo, para uma cicatrização rápida e prevenção da formação de crostas. Começa a funcionar desde o primeiro sinal e prossegue através de todas as fases para prevenir o agravamento do herpes labial.
O seu design discreto ajuda a proteger a lesão do herpes labial e a evitar o constrangimento social. O penso também cria um escudo antivírus, para reduzir o risco de contaminação.

Herpatch Sérum é outra sugestão mais recente, que est​á a ter uma enorme aceitação nos consumidores e tem vantagem de ser um penso líquido. Esta é a melhor resposta às pessoas que, nem por nada, "se ajeitam" na aplicação dos pensos Compeed.

 

Compeed

Muito importante é todas as pessoas com herpes labial saberem que, este é um vírus de muito fácil contágio.

A fase contagiosa é aquela em que ganhamos vesículas com líquido, no lábio. Esse líquido é onde estão as partículas virais. Coçar o lábio, ficar com vírus nos dedos e, coçar o olho, é um perigo. O herpes pode manifestar-se no olho e, pode evoluir para cegueira. Quando falamos da facilidade de contágio entre mães e filhos, esta situação pode ser muito relevante – é difícil evitarmos os beijinhos e as carícias.
Por tudo isto, diminuam o tempo e gravidade dos episódios de herpes labial e diminuam o risco de contágio com a utilização de pensos isolantes e protetores.




PRODUTOS SUGERIDOS