Beauty Trends

leitura 3 min

Proteção Contra a Luz Azul

27 abril 2022




Nos últimos anos, provavelmente notou algumas marcas de cosméticos e de cuidados com a pele a desenvolverem produtos para combater a luz azul devido ao aumento das preocupações relacionadas com esta luz na pele e na saúde.

 

A luz azul (cientificamente conhecida como luz de alta energia visível (HEV)) é uma cor no espectro da luz visível que pode ser vista pelos olhos humanos. Esta luz tem um comprimento de onda curto, o que significa que produz maiores quantidades de energia, e é emitida pelo sol e pelos dispositivos digitais do nosso dia a dia (TVs, Smartphones, computadores, computadores portáteis, tablets, luz LED, etc.).

Sendo assim, vamos ao que importa: será que a luz azul afeta a nossa pele e a saúde em geral? (Infelizmente, a investigação sobre os efeitos da luz azul na pele é muito pouca, mas alguns estudos podem conter pistas).

Se leva a sério a prevenção do envelhecimento prematuro, alguns estudos dizem que a proteção contra os raios UVA e UVB já não é suficiente, uma vez que a evolução da investigação confirma que a luz azul também é má para a pele.

Blue Light

Dr Murad, reconhecido pelo London Times como "World's Top Dermatologist", explica que, "passar quatro dias de trabalho de oito horas em frente de um computador expõe-nos à mesma quantidade de energia que 20 minutos ao sol do meio-dia". Para colocar isto em perspectiva, sete minutos de exposição solar às 13 horas é suficientemente potente para induzir um bronzeado imediato. Ou seja, a quantidade de luz azul emitida pelos aparelhos é apenas uma fracção da emitida pelo sol, mas o problema é que estamos constantemente a passar cada vez mais tempo a olhar para estes aparelhos e a mantê-los perto do nosso rosto e da nossa cabeça. Portanto, estudos recentes estão a começar a avaliar os efeitos da exposição prolongada e de baixo nível à luz azul e a ligá-los a sinais de envelhecimento, tais como hiperpigmentação, linhas finas e rugas.

Por outro lado, a luz azul não só afeta a pele, como também pode perturbar os relógios biológicos. A luz azul compromete o "sono de beleza" ao perturbar o ritmo circadiano natural. Por exemplo, se exposto a quantidades significativas de luz azul à noite, pode achar mais difícil adormecer, uma vez que a luz azul afeta o nível de melatonina (a hormona do sono). A Dra. Nadine Pernodet, porta-voz científica das Empresas Estée Lauder, explica que a exposição à luz azul à noite pode fazer com que o ritmo natural circadiano da pele fique "fora de sincronia", fazendo com que as células da pele continuem a "pensar" que é de dia, impactando o seu processo natural de reparação noturna, levando a sinais visíveis de envelhecimento, e mesmo a olheiras escuras.

Para proteger contra a luz azul, os cientistas da Unilever recomendam a utilização de produtos que incluam ingredientes que minimizem ou neutralizem a luz azul, bem como a reparação da pele. Assim, a sua recomendação é a de procurar produtos que incluam:

  • Óxido de Zinco - cria uma barreira protetora para a pele.
  • Vitamina C - protege e recupera as células da pele dos danos oxidantes induzidos pela luz azul.
  • Vitamina B6 - combate o desaparecimento dos antioxidantes induzidos pela luz visível e suprime eficazmente o stress oxidativo causado pela luz visível.
  • A niacinamida restaura as células da superfície da pele do stress oxidativo induzido pela luz azul e proporciona uma forte proteção contra os danos cutâneos causados pela luz azul.
  • Está cientificamente provado que o BB cream minimiza os efeitos da luz azul em 80%.

Além disso, outra forma de prevenir danos causados pela luz azul é reduzir o tempo diário ao ecrã, investir num protector de ecrã para os seus aparelhos electrónicos e utilizar um protector solar de rosto (com pelo menos FPS 30) na sua rotina diária.

Produtos para combater os efeitos da luz azul na pele


avene

Eucerin: Sun Protection anti aging sun fluid SPF50 - Contém antioxidantes como a Licochalcone A, que neutraliza os radicais livres causados pelos raios UV e pela luz azul. Contém também ácido glicirretínico para apoiar o próprio mecanismo de reparação do DNA da pele.

Avène: A-Oxitive Antioxidant Defense Serum - Os radicais livres não têm qualquer hipótese contra este sérum rico em antioxidantes que atua na tez baça, secura e linhas finas. Esta é uma formulação de rápida absorção rica em vitamina C, vitamina E e ácido hialurónico hidratante.

elizabeth arden

Estée Lauder: Advanced Night Repair - Este sérum avançado com ácido hialurónico  apoia o processo de renovação natural da pele para ajudar a reparar o impacto visível das múltiplas agressões da vida moderna - falta de sono, luz azul, poluição, UV e ozono. 

ISDIN: skin drops - A fórmula leve pode fazer parte da sua rotina de maquilhagem, mas também oferece benefícios de cuidados com a pele. Contém poderoso óxido de zinco para bloquear a luz visível.

Elizabeth Arden: Prevage City Smart SPF50 - Os pigmentos e antioxidantes destes produtos ajudam a proteger contra os danos da luz azul dos dispositivos tecnológicos.




PRODUTOS SUGERIDOS