12 junho 2024

3 Tipos de Dermatites e Como Tratá-Las

leitura 6 min

Dermatite é um termo abrangente que se refere à inflamação da pele. É uma condição comum que pode causar vermelhidão, inchaço e desconforto. Existem vários tipos de dermatite, cada um com suas próprias causas, métodos de diagnóstico e tratamentos. Neste post, exploraremos três tipos comuns: dermatite atópica, dermatite de contato e dermatite seborreica, juntamente com informações sobre suas causas, diagnósticos e tratamentos eficazes.

Dermatite Atópica (Eczema)

A dermatite atópica, comumente conhecida como eczema, é uma condição crônica que geralmente começa na infância, mas pode persistir na vida adulta. É caracterizada por pele seca, pruriginosa e inflamada. A causa exata da dermatite atópica é desconhecida, mas acredita-se que envolva uma combinação de fatores genéticos e ambientais.

Causas:

Atopic Dermatitis (Eczema)
  • Genética: Um histórico familiar de eczema, asma ou febre do feno aumenta o risco.
  • Sistema Imunológico: Uma resposta imunológica hiperativa a desencadeantes ambientais pode causar inflamação.
  • Defeitos na Barreira Cutânea: Mutações no gene responsável pela criação da filagrina, uma proteína que ajuda a manter a barreira da pele, podem tornar a pele mais suscetível a irritantes e alérgenos.

Sintomas:

  • Pele seca e escamosa
  • Manchas vermelhas a acinzentadas
  • Coceira, que pode ser intensa, especialmente à noite
  • Pequenas bolhas que podem vazar fluido e formar crostas quando arranhadas
  • Pele espessa, rachada ou escamosa

Diagnóstico:

  • Histórico Médico e Exame Físico: Um dermatologista avaliará a aparência da pele e perguntará sobre histórico familiar e possíveis desencadeantes.
  • Teste de Patch: Pode ser realizado para descartar dermatite de contato.
  • Biópsia de Pele: Raramente, uma pequena amostra de pele é coletada para descartar outras condições cutâneas.

Tratamento:

Atopic Dermatitis (Eczema)
  • Hidratantes: Manter a pele hidratada é crucial. Use cremes ou pomadas sem fragrância várias vezes ao dia.
  • Corticosteroides Tópicos: São cremes anti-inflamatórios que reduzem a coceira e a inflamação.
  • Antihistamínicos: Podem ajudar a reduzir a coceira, especialmente se piorar à noite.
  • Imunossupressores: Para casos graves, podem ser prescritos medicamentos que suprimem o sistema imunológico.
  • Evitar Desencadeantes: Identificar e evitar desencadeantes, como certos sabonetes, tecidos e alimentos, pode prevenir surtos.

Produtos recomendados para Dermatite Atópica:

Dermatite de Contato

A dermatite de contato ocorre quando a pele entra em contato direto com um irritante ou alérgeno. Existem dois tipos principais: dermatite de contato irritante e dermatite de contato alérgica.

Contact Dermatitis

Causes:

  • Dermatite de Contato Irritante: Causada por contato direto com substâncias como sabonetes, detergentes e produtos químicos.
  • Dermatite de Contato Alérgica: Causada por uma reação alérgica a substâncias como hera venenosa, níquel ou cosméticos.

Sintomas:

  • Erupção vermelha
  • Coceira, que pode ser intensa
  • Pele seca, rachada ou escamosa
  • Bolhas ou pústulas
  • Inchaço, queimação ou sensibilidade

Diagnóstico:

  • Histórico Médico e Exame Físico: Identificar o padrão e a localização da erupção pode ajudar a determinar a causa.
  • Teste de Patch: Pequenas quantidades de potenciais alérgenos são aplicadas na pele para identificar a causa específica.
  • Biópsia de Pele: Raramente usada, mas pode ajudar a descartar outras condições.

Tratamento:

  • Evitar Substâncias: Identificar e evitar a substância causadora da reação.
  • Esteroides Tópicos: Cremes de venda livre ou prescritos podem reduzir a inflamação e a coceira.
  • Compressas Frias: Aplicar um pano úmido e frio pode acalmar a pele irritada.
  • Hidratantes: O uso regular de hidratantes ajuda a reparar a barreira da pele.
  • Medicamentos: Em casos graves, corticosteroides orais ou antihistamínicos podem ser necessários.

Produtos recomendados para Dermatite de Contato:

Dermatite Seborreica

A dermatite seborreica afeta principalmente áreas oleosas do corpo, como o couro cabeludo, rosto e parte superior do tórax. É uma condição crônica que pode ter períodos de melhora e surtos. A causa exata não é bem compreendida, mas pode envolver um crescimento excessivo de levedura na pele e uma resposta imunológica anormal.

Seborrheic Dermatitis

Causas:

  • Crescimento Excessivo de Levedura: A levedura Malassezia, presente na pele, pode se multiplicar excessivamente em áreas oleosas.
  • Fatores Genéticos: Um histórico familiar de dermatite seborreica ou condições similares
  • Fatores Ambientais: Clima frio e seco e estresse podem agravar os sintomas.

Sintomas:

  • Pele vermelha e oleosa, coberta por escamas brancas ou amareladas
  • Coceira ou dor na pele
  • Caspa no couro cabeludo
  • Crostas e escamas no couro cabeludo, sobrancelhas, pálpebras, laterais do nariz e atrás das orelhas

Diagnóstico:

  • Histórico Médico e Exame Físico: Um dermatologista examinará as áreas afetadas e perguntará sobre os padrões dos sintomas.
  • Raspagem de Pele: Examinar uma amostra da pele escamosa sob um microscópio pode ajudar a descartar outras condições.
  • Biópsia: Raramente, pode ser realizada uma biópsia de pele para confirmar o diagnóstico.

Tratamento:

  • Shampoos Medicamentosos: Shampoos contendo cetoconazol, sulfeto de selênio ou piritionato de zinco podem ajudar a controlar os sintomas no couro cabeludo.
  • Antifúngicos Tópicos: Cremes ou loções contendo agentes antifúngicos podem reduzir o crescimento excessivo de levedura.
  • Corticosteroides Tópicos: Podem reduzir a inflamação e a coceira durante os surtos.
  • Boa Higiene: Lavar regularmente com produtos de limpeza suaves pode ajudar a controlar os sintomas.

Produtos recomendados para Dermatite Seborreica:

Dicas Gerais para Gerenciar a Dermatite

  • Mantenha uma Rotina de Cuidados com a Pele: Use produtos suaves, sem fragrância, e hidrate regularmente.
  • Evite Banhos Quentes: A água quente pode remover os óleos naturais da pele, piorando a secura e a irritação.
  • Use Roupas Confortáveis: Escolha tecidos macios e respiráveis, como algodão, para evitar irritar a pele.
  • Mantenha-se Hidratado: Beba bastante água para manter a pele hidratada de dentro para fora.
  • Gerencie o Estresse: O estresse pode desencadear ou piorar a dermatite, então incorpore atividades que reduzam o estresse, como yoga ou meditação, em sua rotina.

Entender o tipo de dermatite que você tem é o primeiro passo para um tratamento eficaz. Se você experimentar sintomas persistentes ou graves, é essencial consultar um dermatologista. Com os cuidados e gerenciamento adequados, você pode controlar a dermatite e manter a pele saudável e confortável.

 
Referências:
American Academy of Dermatology Association (AAD)
National Eczema Association
Cleveland Clinic

 





Artigos Relacionados